Goste de nós no Facebook

últimos tópicos no forum

Fórum Geral & Apresentação

Boticário..opiniões..

Fórum Amamentação e Aleitamento

Não pega no biberão :(

Fórum Mães & Bebés

Constipação?

Fórum Geral & Apresentação

Mentir

Fórum Grávidas

2,5 c,m de dilatação

Fórum Amamentação e Aleitamento

quantidade leite bebé 4 meses??!

Fórum Grávidas

preocupada

Fórum Geral & Apresentação

Chichi na cama

Fórum Grávidas

Esteticista Odivelas...

Fórum Geral & Apresentação

emigrar com menores

Fórum Geral & Apresentação

emigrar com menores

Destaques nas lojas

Loja socirero

Folifer...25% desconto em TODA A ROUPA.. Aproveitem!...

Loja Susana Mendes

Leve 3 pague 2 em todos os artigos novos e usados (desconto ...

Loja sofiajorge

Menino 4/5/6 anos, muita roupa menina até 24 meses, calçado,...

Loja Karina Dias

✿ Roupinhas baratinhas e de qualidade!(◕‿◕) Excelente relaç...

Loja becassine

Bebes de Janeiro de 2015?!? Muita roupinha para eles!...

Loja M_Marques

Muitas novidades: casacos, sapatos, sapatilhas, sandálias, ...

Loja _ A Gabi

Promoção até ao fim de semana: 20% desconto em todos os art...

Loja patilago

Creme anti-estrias c/óleo rosa mosqueta/Protectores de berço...

Loja Inily

Roupa e calçado de menina em bom estado......

Loja Pipoca 2

Novidades :) ....!!!!...

produtos à venda

€2.25
€3.60
€1.65
€3.10
€1.50
€1.50
€8.00
€15.00
€17.50
€1.80
€1.50
€1.50

artigos recentes

Osteopatia Pediátrica

Osteopatia é uma medicina manual, cujo principal objetivo é ...

Como deixar de ser uma mãe galinha

A maternidade traz com ela muitas responsabilidades agregadas:...

O meu filho tem dois anos e não fala…O que fazer?

Ao longo do desenvolvimento os pais saboreiam cada etapa e...

Como escolher uma creche/jardim-de-infância

O momento de deixar um bebé ou filho pequeno na creche ou no...

Nasceu um bebé

19.11.2014
08.11.2014
06.11.2014
03.11.2014

Votação

Tem familiares ou amigos próximos com filhos até os 36 meses?

Está aqui

Os problemas mais embaraçosos que ocorrem durante a gravidez

Com a gravidez vêm coisas maravilhosas, desde uma pele com um brilho espetacular a uma barriga redonda e bonita. Porém, nem sempre tudo são coisas boas, pois existem acontecimentos mais “embaraçosos” que podem vir juntamente com o pacote da gravidez. Se ainda não descobriu nenhum, saiba quais são os principais efeitos embaraçosos da gravidez, que por vezes fazem corar muitas grávidas.

Gases e arrotos  

À medida que o bebé cresce o espaço na barriga começa a apertar e a digestão começa a abrandar dando lugar aos gases. Os intestinos ficam mais apertados dando uma sensação de inchaço maior que o usual. A - correta e fundamental - ingestão de muitos legumes e fruta poderá ser também uma contribuição para a formação de ainda mais gases. O ar que daí resulta terá de sair de uma forma ou de outra…

Comer porções mais pequenas, e mais frequentes durante o dia, ajuda a evitar este incómodo. Evitar comidas com muito açúcar, gordura e bebidas com gases também poderá ajudar. Dormir com a cabeça mais alta, ou com o corpo para o lado esquerdo ajuda a aliviar os gases; quando se deitar, colocar as pernas elevadas de forma a aliviar a pressão da barriga nos intestinos também pode ajudar. Caso nada ajude, peça ao seu médico para lhe receitar um medicamento apropriado para aliviar este problema.

Apesar de o acontecimento ser mais incómodo durante a gravidez, lembre-se que ter gases é algo normal para todos, por isso não se preocupe muito com isso.

Comichão nos mamilos

Pois é, se já está grávida saberá que o decote mais eminente é uma realidade; as mamas crescem e em consequência, os mamilos também; tudo isto serve para preparar a fase seguinte ao parto: a amamentação. Quanto mais as mamas crescerem mais sensíveis ficam, incluindo os mamilos, dando uma sensação de prurido, por vezes muito incómoda.

Usar creme hidratante ou uma loção emoliente à base de produtos naturais sempre que sentir comichão, pode ajudar. Manteiga de cacau ou loção com vitamina E poderá prevenir a comichão. O uso de tecidos suaves, evitando a lã ou outros tecidos mais irritantes para a pele também é aconselhado. Opte por sutiãs de tecido suave e confortável.

Se por acaso desenvolver uma erupção cutânea ou verificar sangramento em algum dos mamilos, converse com o seu médico sobre essa ocorrência. Isto pode ser um sintoma de infeção bacteriana, ou em casos muito raros, poderá ser um sinal de cancro da mama, por isso converse sempre com o seu médico caso algo de anormal aconteça.

Vómitos e enjoos constantes

Mais de 80% das grávidas experienciam algum tipo de náusea durante a gravidez, e algumas mulheres chegam mesmo a experienciar náuseas e azia durante toda a gravidez. Embora ainda não se tenha chegado a uma conclusão certa acerca do que provoca os enjoos da gravidez, existem algumas indicações que dizem que tem a ver com o aumento das hormonas da gravidez, nomeadamente o estrogéneo e a progesterona.

Na realidade não existe nenhuma medida ou medicamento milagroso que alivie os enjoos da gravidez. Porém, existem sempre algumas medidas que pode experimentar, como começar o dia ingerindo algumas bolachas de água e sal antes de sair da cama, chupar rebuçados de gengibre ou comer menos e mais vezes. Usualmente, as náuseas passam depois do primeiro trimestre da gravidez, por isso irá sentir-se muito melhor depois desta fase mais complicada.

É importante que esteja atenta à hidratação, ingerindo bastante água. No caso de os enjoos começarem a ser excessivos e não conseguir manter nada no estômago, deve conversar com o seu médico para que ele tente ajudar com algum medicamento que pode aliviar os sintomas.

Incontinência urinária

Perder o controlo urinário pode ser algo muito comum, pois com a gravidez e o aumento das hormonas existe um relaxamento dos músculos pélvicos, algo que começa a ser um indício da preparação do corpo para o parto. Este acontecimento é propício a algumas fugas de urina, sempre que uma gargalhada maior aparece, um espirro ou mesmo um tossir mais forte. Para além das hormonas que provocam relaxamento, a partir do segundo trimestre com o desenvolver do bebé, a pressão na bexiga começa a aumentar contribuindo para este acontecimento.

Séries de exercícios Kegel (contração dos músculos que controlam o fluxo da urina) praticados várias vezes ao dia poderão minimizar as consequências da perda de controlo sobre a bexiga. Ir à casa de banho frequentemente, antes que a bexiga encha, também é uma boa forma de prevenir a incontinência urinária.

Se os incidentes começarem a ser demasiado frequentes e experienciar dor ou ardência quando urina, deve transmitir isso ao seu médico, pois pode estar a sofrer de uma infeção da bexiga ou do trato urinário.

Nova linha negra na barriga e mamilos mais escuros

As hormonas da gravidez têm muitos efeitos e o aumento do estrogéneo leva a maiores níveis de melanina, resultando em mamilos mais escuros e na famosa “línea negra”(linha que se vai notando com o decorrer da gravidez e que vai desde o osso púbico ate ao umbigo). Por volta do segundo trimestre, também pode surgir o melasma que implica manchas escuras na face.

Na realidade não é possível prevenir o escurecer dos mamilos, a línea negra ou o melasma, eles simplesmente surgem. Colocar protetor solar de grau elevado diariamente poderá evitar que o melasma fique tão acentuado. Algumas semanas depois do parto estas mudanças tendem a desaparecer, por isso não se preocupe muito com isso. 

Obstipação

Ficar muito tempo na casa de banho pode ser um dos sintomas desagradáveis da gravidez. As hormonas da gravidez também diminuem os movimentos do trato intestinal, para que os nutrientes possam ser melhor absorvidos pelo bebé, o que pode diminuir não só a digestão como a expulsa das fezes. Com o decorrer da gravidez o bebé começará a pesar nos intestinos, ajudando também a diminuir os movimentos dos mesmos.

Aumentar a ingestão de fibra, ajuda o intestino a movimentar-se melhor. Ingerir mais legumes, vegetais, cereais integrais e bastante água coloca tudo a mexer mais rapidamente. Beber sumo de ameixa ou batidos de kiwi pode também ajudar. Porém deve ser evitada a ingestão de laxantes, especialmente os comuns, pois podem provocar contrações indesejadas.

Para além do incómodo natural, a obstipação na gravidez não é usualmente algo de grande preocupação.

Hemorroidas

As hemorroidas são vasos sanguíneos dilatados na região do ânus. Podem provocar comichão, ardência, saliência e podem sangrar ocasionalmente. Muitas mulheres durante a gravidez sofrem de hemorroidas, causadas pelo peso do bebé. A obstipação pode também contribuir para o surgimento das hemorroidas pois o esforço maior para evacuar pode agravar este problema.

O ideal é manter o trato intestinal a funcionar: bebendo bastante água e ingerindo alimentos ricos em fibra. Manter a área limpa e colocar compressas de aveleira no inchaço pode ajudar. Se não melhorar, deve conversar com o seu médico que poderá recomendar um creme mais apropriado para aliviar a inflamação.

Deve sempre ter em atenção ao sangue que possa observar, quando se limpa ou nas fezes, poder ser devido às hemorroidas ou devido a outra causa qualquer. Caso exista sangue nas fezes convém conversar sobre isso com o seu médico, pois existe sempre uma hipótese, remota mas possível, de cancro no cólon.

Sexo, sexo e mais sexo

O aumento do fluxo sanguíneo, especialmente em algumas regiões do corpo, poderá provocar um desejo sexual maior, levando a mais e mais intensos orgasmos múltiplos. Seja por este motivo, seja porque se sente mais bonita, ou porque desta forma sexo é apenas sexo sem preocupações, a realidade é que muitas mulheres grávidas experienciam um desejo maior durante a gravidez.

A menos que esteja a passar por uma gravidez de risco, ou que o seu médico tenha aconselhado a abstenção, aproveite!

Se estiver com problemas relacionados com a gravidez como placenta prévia, relaxamento da cerviz, ou estiver de repouso, poderá não ser boa ideia fazer sexo, porém em caso de dúvida pergunte sempre ao seu médico.

Os mamilos pingam

Os elevados níveis da prolactina (hormona que prepara as mamas para a amamentação) na fase final da gravidez podem provocar fugas de fluido nos mamilos, caso estes sejam estimulados (tomar um duche, vestir-se, mudar de roupa, sexo, …) podem despoletar as secreções dos mamilos.

A fuga não pode ser evitada, uma vez que ocorreu, pode contudo prevenir as manchas que acontecem e que sujam a roupa. Colocar pequenas almofadas de amamentação no sutiã pode ajudar a prevenir as manchas na roupa.

Caso as secreções dos mamilos contenham sangue ou mau cheiro é necessário contactar o médico para avaliar uma possível infeção bacteriana ou alguma, pouco provável, causa cancerígena.

Acne

As variações das hormonas da gravidez podem significar muitas mudanças para uma mulher, incluindo o surgimento da acne.

Durante a gravidez deve ser evitado qualquer creme que contenha ácido salicílico ou peroxido de benzoil, típicos nos produtos de tratamento da acne. Para conhecer alternativas, deve conversar com o seu médico assistente ou dermatologista, que lhe poderá recomendar uma máscara ou um tratamento que não seja prejudicial à gravidez. Porem, não se preocupe muito, pois depois do parto as hormonas voltam a estabilizar e a acne desaparece.

Barriga grande

Gravidez = barriga. Por vezes a barriga para além de grande, fica enorme e o umbigo proeminente; esta é a forma do bebé estar bem acomodado dentro dela. A pressão que pode fazer com que o umbigo fique mais protuberante, usualmente só surge no terceiro trimestre.

Uma barriga e o umbigo mais protuberante, apenas significam que, com o estiramento, a pele pode ficar mais sensível com o toque ou em contacto com a roupa. Se o umbigo protuberante a incomoda coloque um penso sobre o mesmo para prevenir a saliência. Depois do parto o umbigo volta ao normal e com o tempo a barriga também.

Em casos muito raros pode-se desenvolver uma hérnia, que surge quando uma pequena parte do intestino faz força contra a zona do umbigo. Caso isto aconteça não há motivos de preocupação, pois estas pequenas hérnias são fáceis de tratar, porém transmita-o ao seu médico.

Estrias

Nem todas as mulheres ficam com estrias na gravidez; mas com o desenvolver da gestação, uma grande maioria começa a verificar que surgem marcas avermelhadas ou azuladas na barriga, coxas, parte superior dos braços e nádegas. Usualmente começam a surgir cerca do segundo trimestre, aparecendo geralmente na zona do umbigo e espalhando-se pela barriga.

As estrias são essencialmente um “rasgar” da pele, resultante da desfragmentação do colagénio e das camadas elásticas da pele. Poderão surgir com um aspeto avermelhado, e provocar um pouco de comichão devido à inflamação da pele.

Embora existam inúmeros produtos e tratamentos que prometem prevenir o fenómeno das estrias, existem poucas formas de impedir ou resolver este problema. Utilizar cremes hidratantes à base de produtos naturais pode ajudar, nem que seja a aliviar a comichão, bem como manter a pele hidratada e em boa forma com o que ingere. Evite preocupar-se muito com isso, e lembre-se que são apenas marcas de amor da passagem do seu bebé.