Principais mudanças na pele durante a gravidez | De Mãe para Mãe

Está aqui

Principais mudanças na pele durante a gravidez

Grávida tatuada

Para além da visível gloriosa barriga de grávida, a pele é a parte visível mais afetada pela gravidez. Descubra quais as principais mudanças que a sua pele pode desenvolver durante uma gravidez: as boas e as menos boas.

O brilho!

Pode parecer que não existe nenhum motivo aparente que provoque o belo brilho que emerge da pele de uma grávida, mas embora 10% da causa possa dever-se à felicidade, os restantes 90% são devidos a 2 fatores: o aumento do fluxo sanguíneo na gravidez, que faz com que os vasos sanguíneos, especialmente na face, provoquem um rubor juvenil; e as mudanças hormonais que fazem com que as glândulas sebáceas entrem em grande produção, juntando o brilho ao rubor transformando-a numa pele jovial e fresca. Que grávida não fica bonita com este tipo de resplandecer?

Cloasma

Se tiver a pele mais escura, terá mais propensão para desenvolver cloasma. Este tipo de distúrbio é caracterizado por umas manchas amareladas ou acastanhados que surgem na pele do rosto. O cloasma é causado pela própria gravidez, ou seja, com o aumento da progesterona e do estrogénio nas células de melanina da pele provocam a sobrepigmentação. Se sofrer deste problema, pode minimizar os seus efeitos evitando a exposição solar direta e usando sempre um creme protetor solar de índice bem elevado. Depois do parto, esta pigmentação começará a desaparecer, pois é quando os níveis hormonais começam a retornar aos valores comuns antes da gravidez.

Acne

As mudanças hormonais que surgem com a gravidez também são por vezes responsáveis pelo surgimento de acne. É importante manter os poros da pele limpos, para isso use uma máscara natural ou um esfoliante à base de aveia.

Aumento da pigmentação

As auréolas dos mamilos tornar-se-ão mais escuras, especialmente com o progredir da gravidez e manter-se-ão desta forma durante algum tempo depois da gravidez. Isto em nada é mau, só significa que é mãe, e que como tal este é apenas um dos sinais que o indica. Os sinais ou sardas que possa ter, também terão tendência a ficarem mais escuros. Porém, se algum dos sinais aumentar ou ficar irregular deverá de consultar de imediato o seu médico .

Estrias

É uma realidade… mais de 90% das mulheres desenvolvem estrias durante a gravidez. As estrias começam a surgir cerca do 2º trimestre de gestação. As estrias iniciam com uma inflamação que por vezes provoca comichão, tornando-se de cor avermelhada ou acastanhada. Surgem usualmente na zona do umbigo e podem expandir-se por toda a barriga numa espécie de padrão de bola de futebol. Poderão também surgir nos braços, mamas, ancas, coxas e nádegas. No final da gravidez elas permanecem, e com o tempo tendem a ficar esbranquiçadas.

Linea nigra

Não é nada de esquisito ou de estranho, se com a gravidez desenvolver uma espécie de linha escura que vai desde o umbigo até ao centro do osso púbico. Na realidade esta linha já lá estava antes, as mudanças hormonais da gravidez só a tornaram evidente. Depois do parto, dentro de alguns meses, esta linha desaparece. É só mais um dos sinais que é uma felizarda, pois vai ser mãe!

Votação

Quanto gastou ou pretende gastar no carrinho de bebé?