Porque deve ter atenção à composição química da água do bebé? | De Mãe para Mãe

Goste de nós no Facebook

últimos tópicos no forum

Destaques nas lojas

Loja patilago

0-5 anos,.Roupinhas.Babygrows, Pijamas, camisas, sapatinhos...

Loja _ A Gabi

S A L D O S 50% em toda a loja ...

Loja Loving Mom

40% de desconto em tudo ;) H&M, Zara, Mayoral, Tiffosi, ...

Loja veraamorim

3 peças 1€ (para peças de valor INFERIOR a 1€), 3 peças 2€ (...

Loja susana seixas

TUDO A 1.00 1.00 EURO 1.00 EURO PROMOÇÃO PARA ACABAR POR F...

Loja Ana 13Dezembro

De momento está tudo vendido !...

Loja Dada_123

coisinhas baratas*.*...

Loja Estela2010

Copos de aprendizagem, biberoes, Testes de gravidez e ovulaç...

produtos à venda

€8.00
€7.00
€11.00
€15.00
€15.00
€12.00
€20.00
€15.00
€9.00
€10.00
€6.50
€6.50

artigos relacionados

Água essencial para a saúde do bebé e da criança

O principal constituinte do nosso corpo é a água, representando...

5 características que uma boa fralda deve ter

A altura de escolher as melhores fraldas para o bebé é sempre um...

bebé no roupeiro

Como tornar a sua casa segura para um bebé

Uma casa normal é usualmente um perigo para um...

Bebé a comer papa

Alimentar o bebé de forma segura

Os bebés pequeninos e vulneráveis são muito mais propensos a...

Bebé a beber leite materno

Leites para lactentes e de transição

Nem sempre é possível...

Nasceu um bebé

19.07.2017
17.07.2017
28.06.2017
09.06.2017

Votação

Quanto gastou ou pretende gastar no carrinho de bebé?

Está aqui

Porque deve ter atenção à composição química da água do bebé?

Os bebés que são amamentados em exclusivo não necessitam, à partida, de ingerir outro tipo de alimento ou bebida, incluindo a água. No entanto, a partir do momento em que passa a ser alimentado por fórmula infantil e alimentos sólidos a ingestão de água é essencial para o bem-estar e saúde do seu bebé.

É, portanto, muito importante optar por uma água segura (isenta de micro-organismos) e de qualidade porque o bebé ainda está em desenvolvimento. Nesse sentido, deve respeitar duas características essenciais:

Quantidade de sódio e de nitratos

1. Quantidade de sódio (Na+)

Os rins dos bebés são imaturos e funcionam de forma menos eficaz que os dos adultos, sendo que a sua capacidade vai evoluindo gradualmente à medida que vão crescendo. Assim sendo, uma maior quantidade de sódio é mais tóxica para o bebé e criança do que para o adulto. Para prevenir a sobrecarga renal, a água deve conter menos de 25 mg/dl de sódio (para bebés com menos de 6 meses) e de 50 mg/dl (a partir dos 6 meses).

2. Quantidade de nitratos (NO3-)

Os nitratos são outro constituinte a ter em conta na composição da água porque estes, nos recém-nascidos, são transformados mais facilmente em nitritos podendo ter como consequência a metahemoglobinemia (chegando menor quantidade de oxigénio aos tecidos). Assim recomenda-se que a água contenha idealmente menos de 25 mg/L de nitratos.

No fundo, é importante que o desenvolvimento do bebé seja respeitado, pois nem todo o organismo dele está totalmente desenvolvido!

A água da torneira e a água engarrafada

Quando opta por água da torneira (se for segura!) pode tentar informar-se junto das entidades competentes locais sobre a sua composição química. Por outro lado, quando opta por água engarrafada será essencial olhar para o rótulo e ver que valores constam e se estão dentro dos valores acima indicados ou - de forma a facilitar - procurar o selo “convém para a preparação dos alimentos dos lactentes”!