Engravidar depois de ter tomado a pílula

Pílulas

Mesmo que esteja a tomar a pílula há anos, existem alguns conselhos a seguir se está a pensar engravidar.

Muitas mulheres começam a tomar a pílula aos 16 anos de idade, por isso podem já estar a tomar a pílula há 10, 15 anos quando chega a altura de deixar de tomar a pílula e começar a pensar num bebé. Muitas mulheres conseguem engravidar logo de seguida, outras demorarão mais tempo a conseguirem engravidar. Por vezes a própria menstruação poderá demorar algum tempo a aparecer e a regular-se.

Embora possam existir preocupações por parte de algumas mulheres de que a pílula poderá afetar a fertilidade, a realidade é que não existem provas que a pílula possa causar infertilidade.

Menstruação

A maioria das mulheres que têm ciclos menstruais regulares, antes de começar a tomar a pílula, descobrirão que os ciclos de ovulação regulares voltam cerca de 6 meses depois de parar a tomada da pílula. Ciclos irregulares antes de tomar a pílula, poderão ser um indício de Síndroma dos Ovários Policísticos (SOP); contudo, com a toma da pílula os ciclos acabam por ser regulados. O peso, a saúde, o stress e o exercício físico também poderão influenciar o padrão da menstruação de uma mulher.

Uma questão de peso

A fertilidade é maior e uma gravidez é mais saudável quando uma mulher tem um IMC (índice de massa corporal) entre 18,5 e 25. O Índice de Massa Corporal é calculado quando se divide o peso da pessoa pela altura em metros quadrados.

Corpo em bom estado

A fase da pré-conceção, ou seja a fase antes de começar a tentar engravidar, também é muito importante, pois assegurará uma gravidez saudável. Para tal é necessário:

Parar de fumar

Uma mulher ou homem que fuma, leva duas vezes mais tempo a conceber do que uma mulher ou homem não fumadores. Para além disso, uma mulher fumadora tem uma probabilidade de sofrer um aborto, muito maior do que uma não fumadora.

Cortar na ingestão de álcool

Uma mulher ou homem abstémio tem uma probabilidade maior de conceber mais rapidamente do que um homem ou uma mulher que beba, nem que seja apenas 2 a 3 bebidas por semana.

Começar a tomar ácido fólico

Tomar um suplemento de ácido fólico, ferro, vitamina C e, acima de tudo, manter uma alimentação saudável rica em frutas e legumes é essencial. Porém, evite a toma de vitamina A e D pois podem ser tóxicas para o feto.

Caminhar ao ar livre e fazer exercício

Escritórios abafados, lugares apenas arejados com ar condicionado, o uso do metro, lugares muito poluídos, e todos os lugares que diminuam a ingestão de oxigénio reduzem a quantidade de oxigénio na corrente sanguínea e são contribuidores para a infertilidade.

Exercitar técnicas de gestão do stress

A meditação, o yoga ou Pilates são ótimas formas de controlar o stress. Os altos níveis de stress podem interferir com a sua ovulação, tornando a conceção mais difícil.

Ficar longe de saunas e de jacuzzis

Caso pense que pode estar grávida, é muito importante evitar lugares de grandes temperaturas, pois podem aumentar a probabilidade de aborto.

Ter muito sexo

A melhor forma de engravidar é ter muito sexo. Faça sexo 3 vezes por semana, dia sim, dia não.

Manter o peso ideal

Dietas yo-yo ou uma má alimentação são péssimas para a saúde e por consequência desaconselhadas a uma gravidez saudável. É importante alimentar-se corretamente, mantendo um peso saudável e estável.

Não stressar nem entrar em pânico

Usualmente, 90% dos casais saudáveis conseguem engravidar cerca de 1 ano após começarem a tentar. Caso comece a pensar que pode existir um problema de fertilidade, consulte o seu médico assistente.

Dialogar com o parceiro

O stress de engravidar pode afetar uma relação e colocá-la em grande tensão. É importante que exista diálogo, compreensão e acima de tudo nunca esquecer que existem 2 pessoas envolvidas neste desejo.

0
Média: 4.6 (81 votos)