Cuidados a ter com o bebé aquando do nascimento dos dentes | De Mãe para Mãe

Goste de nós no Facebook

últimos tópicos no forum

Fórum Mães & Bebés

Gripe water

Fórum Grávidas

Preciso de ajuda.

Fórum Infertilidade

Homeopatia

Fórum Treinantes

Sintomas de gravidez, quando?

Fórum Grávidas

Grávida e solteira

Fórum Família

Traiu- me :(

Fórum Grávidas

Perda de sangue

Fórum Grávidas

Clínicas Lisboa

Destaques nas lojas

Loja ssequeira

vou colocar novidades...

Loja patilago

0-5 anos,fantasias carnaval.Roupinhas.Babygrows, Pijamas, c...

Loja Loving Mom

STOCK OFF 30% desconto em tudo ;) Roupas quentinhas para Inv...

Loja danilins

60% de desconto em tudo!!!!!!!!!!!!...

Loja soraya_torres

Robot de cozinha 5em1 BABYMOOV - 60€...

Loja ryssie

Roupa de qualidade, artigos praticamente novos. ...

Loja nublada

Coisas novas brevemente......

Loja Um Bebé

* Testes de Gravidez e/ou Ovulação de tiras a 0.50€ * Testes...

Loja veraamorim

3 peças 1€ (para peças de valor INFERIOR a 1€), 3 peças 2€ (...

Loja cantinho_da_avó

PROMOÇÃO !!...

produtos à venda

€1.00
€6.00
€5.00
€10.00
€7.50
€1.65
€1.25
€0.85
€19.00
€1.70
€0.60
€1.30

artigos relacionados

Bebé a sorrir com dentinhos à mostra

Aliviar as dores dos primeiros dentes do bebé

Desconfia que o seu pequenito começa a sentir os primeiros...

Bebé a comer papa

Alimentar o bebé de forma segura

Os bebés pequeninos e vulneráveis são muito mais propensos a...

Água essencial para a saúde do bebé e da criança

O principal constituinte do nosso corpo é a água, representando...

massagem ao bebé

Massagem ao bebé

É através do toque que falamos com o bebé. O toque é a primeira...

Nasceu um bebé

21.01.2017
30.12.2016
19.12.2016
08.12.2016

Votação

Quanto gastou ou pretende gastar no carrinho de bebé?

Está aqui

Cuidados a ter com o bebé aquando do nascimento dos dentes

Antes de os podermos ver, os dentes têm que subir e romper as gengivas, o que pode ser bastante doloroso para a criança e angustiante para os pais. É por isso que, muitas vezes, o colinho não chega e o bebé precisa de outro tipo de atenção e cuidados.

Sinais de erupção dentária

Os sinais da erupção dentária podem surgir dias, semanas ou mesmo um mês antes de o dente romper. Geralmente, a criança começa por mostrar-se mais chorosa e irritável, baba-se em abundância e tem vontade de morder objetos rijos e de esfregar as gengivas (para amolecer os tecidos e facilitar a saída dos dentes). O bebé pode ainda sentir-se mal disposto, ter falta de apetite e acordar várias vezes durante a noite. Mais concretamente, e embora cada criança reaja de forma diferente, os pais podem identificar alguns dos seguintes sintomas: dor, aumento da salivação, gengivas inchadas e vermelhas, necessidade de morder objetos duros, necessidade de levar frequentemente as mãos à boca, irritabilidade e agitação, dificuldades em dormir e recusa alimentar.

Sintomas associados

Os dentes surgem numa altura em que a imunidade que o bebé recebia da mãe através da placenta e da amamentação começa a desaparecer, deixando-o mais exposto às infeções e aos agentes infecciosos. Febre, vómitos ou diarreia são sintomas muito associados ao surgimento da primeira dentição. Estes sinais são uma reação normal do organismo ao processo inflamatório gerado pelo rompimento dos tecidos moles. No entanto, não há evidências científicas a comprovar esta relação. A febre que normalmente está ligada aos dentes não é muito alta, mantendo-se nos 37°/37,5°, e atingindo, no máximo, os 38°. Por outro lado, a diarreia pode ser o resultado do aumento da salivação. Para diferenciar os sintomas da dentição de outros problemas, os pais devem ter o cuidado de observar bem o bebé e tentar perceber se há outra sintomatologia associada, como manchas na pele ou rigidez na nuca.

Massajar as gengivas

Para além do mimo, uma das medidas de conforto mais eficazes é massajar as gengivas da criança. A pressão exercida, combinada com a utilização de um gel próprio para a massagem, pode aliviar bastante o desconforto.

A massagem das gengivas pode ser feita com o dedo indicador devidamente limpo, embebido em água fresca (não gelada), ou embrulhado numa compressa igualmente fria. Em vez do dedo, poderá também utilizar um gel com um aplicador macio, massajando as gengivas delicadamente com movimentos circulares, de forma a aliviar a dor e o desconforto.

É importante que o gel que utiliza para fazer a massagem seja específico para bebés e promova um alívio natural da dor. Evite os géis que contêm álcool e açúcar, optando por um produto mais delicado. O gel atenua a dor, proporcionando ao bebé uma sensação de frescura, combinada com o efeito calmante da massagem. Certifique-se de que segue as recomendações que constam na bula e, se tiver dúvidas, peça a opinião do médico pediatra.

O AloBaby® Primeiros Dentes

O AloBaby® Primeiros Dentes é, sem sombra de dúvida, uma solução inovadora lançada na área dos géis para os primeiros dentes. A sua fórmula 4 em 1 é composta por aloé vera (função calmante), ácido glicirretínico (propriedades anti-inflamatórias), ácido hialurónico (regenerador) e açafrão (analgésico natural). Esta fórmula não contém açúcar, álcool, anestésico local, substâncias de natureza farmacológica, não arde e tem um agradável sabor a banana.

O AloBaby® Primeiros Dentes tem também um aplicador único no mercado, com uma escova macia de silicone que permite uma aplicação higiénica (evita usar o dedo) e que, com uma suave massagem, acalma rapidamente as gengivas, trazendo alívio imediato ao bebé. O AloBaby® é bom para os bebés e também para os pais!

Formas de autoconsolo do bebé

Alguns bebés gostam também de esfregar vigorosamente as gengivas, e uma das formas de se autoconsolarem é mordendo objetos rijos e frescos. As argolas de dentição ou mordedores refrigerados proporcionam algum alívio ao bebé neste contexto. Pode colocar o mordedor no frigorífico um pouco antes de o dar à criança, mas não o coloque no congelador, pois se estiver gelado poderá provocar-lhe queimaduras.

Atenuar a febre e a dor

Se as dores forem muito fortes ou se o bebé tiver febre, considere a administração de um analgésico nas doses recomendadas para a idade, de forma a evitar que a criança sofra. Lembre-se que os medicamentos na forma de xarope contêm açúcar, pelo que não deve deixar a criança adormecer com vestígios de xarope na boca, devendo limpar-lhe as gengivas ao deitar, para prevenir o aparecimento de cáries.

Proteger a pele

Para além do desconforto da dor, o facto de o bebé se babar mais nesta altura pode macerar-lhe a pele do queixo e do pescoço, pelo que deve ter também um cuidado acrescido com a pele nestas zonas, limpando-a e hidratando-a com regularidade.

Aceitar a recusa alimentar

O bebé poderá ter falta de apetite por se sentir indisposto ou porque o ato de sucção ao mamar ou ao beber o biberão intensifica a dor nas gengivas. Lembre-se que, para além de ser natural, este é um processo transitório, que não durará para sempre. Por isso, aproveite para mimar o bebé com as comidas que ele mais goste e não se preocupe se ele beber um pouco menos de leite durante alguns dias. Esta não é uma boa altura para impor regras ou rotinas alimentares.

Em síntese:

Sinais de erupção dentária

  • Dor
  • Aumento da salivação (sialorreia)
  • Gengivas inchadas e vermelhas
  • Necessidade de morder objetos duros
  • Necessidade de levar frequentemente as mãos à boca
  • Irritabilidade e agitação
  • Dificuldades em dormir
  • Recusa alimentar

Medidas recomendadas:

  • Massaje as gengivas do bebé com movimentos circulares, de forma a aliviar a dor e o desconforto 
  • Use o dedo indicador embebido em água ou um aplicador de gel específico para os primeiros dentes
  • Deixe o bebé morder à vontade, dando-lhe uma argola de dentição ou mordedor refrigerado para que possa autoconsolar-se
  • Considere a administração de um analgésico (paracetamol) se o bebé tiver febre ou dores fortes

Medidas não recomendadas:

  • Dar bolachas ou outros doces para o bebé morder
  • Colocar as argolas de dentição ou mordedores no congelador
  • Usar géis que contenham álcool e açúcar