6 primeiros socorros para os quais todos os pais devem estar preparados | De Mãe para Mãe

Goste de nós no Facebook

Destaques nas lojas

Loja susana08

VISITEM A MINHA LOJA: https://guigagu.wixsite.com/guigagu P...

Loja Loving Mom

20% de desconto em tudo ;) H&M, Girândola, Zara, Mayoral...

Loja nublada

Muitas peças de roupa em bom estado, sobretudo menino....

Loja dtandsmps

Em atualizações...A não perder!!!...

Loja M_Marques

60% 60% 60% desconto em TUDO - LIQUIDAÇÃO TOTAL ...

Loja patilago

0-5 anos,.Roupinhas.Babygrows, Pijamas, camisas, sapatinhos...

Loja susana seixas

50% 50% em tudo POR FAVOR ENVIAR MENSAGEM PARA QUALQUE...

Loja Liliya

Novidades já chegaram! Por favor, enviem MP!...

Loja raquel_oliveira

NOVIDADE!!! Roupinhas de menino e menina, usadas mas em bom...

Loja Sefa

Novidades!! Testes de gravidez e de ovulação!...

produtos à venda

€7.00
€6.00
€4.00
€4.00
€5.00
€5.00
€2.00
€2.00
€2.00
€4.00
€2.00
€3.00

artigos relacionados

Perguntas que deve fazer antes de conhecer a criança que vai adotar

Ao contrário de um filho biológico, uma criança adotada já tem...

Prevenir e agir no caso de intoxicações, queimaduras e eletrocussão

Esperamos que este artigo seja uma ajuda, pois, como diz o...

Bebé beber água pelo biberão

Porque deve ter atenção à composição química da água do bebé?

Os bebés que são amamentados em exclusivo não necessitam, à...

Porque não deve fumar durante a gravidez

Se em condições normais, o tabaco é um potenciador ao...

Nasceu um bebé

14.02.2017
13.02.2017
21.01.2017
Rui
03.01.2017

Votação

Quanto gastou ou pretende gastar no carrinho de bebé?

Está aqui

6 primeiros socorros para os quais todos os pais devem estar preparados

O que acontecer nos primeiros momentos de uma emergência com uma criança será determinante para lhe salvar a vida. A melhor forma de resolver os problemas é prevenindo-os e, para isso, é necessário ter tudo preparado para quando acontecerem – a melhor preparação é a informação.

1. Envenenamento

Se suspeita de possível envenenamento, deve agir com calma, evitando entrar em pânico. Procure algum tipo de embalagem que contenha substâncias tóxicas e esteja atenta aos sinais de queimaduras na boca ou lábios, salivação excessiva, hálito estranho, náuseas ou vómitos, cãibras abdominais, irritabilidade, confusão mental ou inconsciência. Se a criança já compreender, peça-lhe para cuspir e guarde essa amostra para entregar no hospital, para averiguar qual a substância, caso não tenha conseguido encontrar a embalagem. Ligue para a linha saúde 24 ou o CIAV se tiver dúvidas, mas trate de levar quanto antes a criança para o hospital, bem como a embalagem da qual ela ingeriu. Não force o vómito na criança a não ser que alguém qualificado lhe tenha dito para o fazer.

2. Queimaduras

As queimaduras podem ser em vários graus:

  1. Queimaduras em primeiro grau: a pele fica avermelhada mas não parte.
  2. Queimaduras em segundo grau: a pele fica vermelha e ganha bolha.
  3. Queimaduras em terceiro grau: a pele fica queimada num nível mais profundo e fica negra.
  4. Queimaduras em quarto grau: perda total da estrutura e da função morfológica.

Apenas as queimaduras de primeiro grau devem ser tratadas em casa. Primeiro a área deve ser arrefecida imediatamente. Submerja a lesão em água fria durante 10 minutos. Não aplique gelo, porque pode destruir a pele que já está frágil. Também não deve aplicar manteiga, geleia de petróleo ou qualquer tipo de unguento gorduroso, porque a gordura atua como barreira, não deixando o calor sair, quando deve acontecer o oposto. Depois de arrefecer a pele, cubra a área com uma compressa esterilizada. Trate a dor com paracetamol, ou com outro medicamento receitado pelo médico. As queimaduras elétricas e químicas podem parecer menos importantes, mas devem ser vistas por um médico depois de arrefecidas.

3. Fraturas de ossos

Qualquer osso que tenha sofrido uma fratura deve ser imobilizado usando uma tala. Use qualquer coisa disponível, nem que seja um jornal ou revista enrolada. Imobilize o membro que sofreu a fratura contra uma superfície dura e depois aplique a tala. Aplique um saco de gelo para reduzir o inchaço, e nunca tente mexer o osso! Se ocorrer algum sangramento deve ser parado, fazendo pressão firme. Nunca mova uma criança que suspeite ter um osso partido, chame antes uma ambulância, e espere que os serviços de saúde cheguem para o fazer.

4. Cortes, arranhões e mordeduras

Para parar uma hemorragia desta natureza, será necessário o uso de uma compressa esterilizada. Depois deve limpar a área com sabão e água, secar com gaze esterilizada, aplicar uma pomada antibacteriana e revestir com uma banda esterilizada. Se a pele não estiver a sangrar, aplique gelo para reduzir o inchaço. Se ocorrer algum sinal de infeção, sangramento excessivo ou um corte profundo, deve levar a criança ao hospital. Também deve certificar-se qual a fonte da ferida, porque arranhões ou mordidelas de fonte animal devem ser observadas pelo médico.

5. Sangramento do nariz

As hemorragias que ocorrem no nariz são normalmente resultantes da secura das cavidades nasais. Ao utilizar um humidificador pode diminuir o problema. Se uma criança sangrar pelo nariz, incline-lhe a cabeça para a frente para evitar engasgamento. Se a criança compreender, peça-lhe para respirar apenas pela boca. Aperte levemente a parte do tecido mole do nariz com o polegar e dois dedos, fechando as narinas. Segure pelo menos durante 10 minutos. Se a hemorragia não parar, segure por mais 20 a 30 minutos, verificando a cada 5 minutos. Se a hemorragia durar mais do que 30 minutos e for abundante deve levar a criança ao médico.

6. Emergência dentária

Acidentes com os dentes de um bebé podem afetar o crescimento natural e o desenvolvimento dos dentes permanentes. Por isso, é importante agir rapidamente quando um dente sofre algum acidente. Primeiro, pare qualquer tipo de hemorragia, usando uma compressa de gaze esterilizada, e pressionando o local. Depois, localize o dente partido ou a raiz do dente. Se for um dente parcialmente lesionado, faça uma pressão suave voltando a empurrá-lo para a zona da raiz. Se estiver sem ligação à raiz, pegue no dente pelo esmalte, limpe alguma impureza mas não limpe nenhum tecido que ainda esteja ligado. Coloque o dente em leite frio, e leve a criança a um dentista imediatamente.

Idealmente, deve optar por fazer um curso de primeiros socorros, e preparar um kit de emergência de primeiros socorros. Desta forma estará a proteger não só a vida da sua criança mas também a de outras.

Linhas SOS

  • Intoxicações e Envenenamentos – 808 250 143
  • Saúde 24 - 808 242 424
  • Emergência INEM – 112